sexta-feira, 16 de maio de 2014


DEFESA PÚBLICA DA DISSERTAÇÃO DE MESTRADO


PROGRAMA: PÓS-GRADUAÇÃO EM LINGUAGENS E SABERES NA AMAZÔNIA – PPGLS
ALUNA: MÊRIVANIA ROCHA BARRETO
TÍTULO: Makunaima/Macunaíma, Theodor Koch-Grünberg e Mário de Andrade, entre fatos e ficções
ORIENTADOR: Prof. Dr. GUNTER KARL PRESSLER

BANCA EXAMINADORA:

Prof. Dr. GUNTER KARL PRESSLER – Presidente
Prof. Dra. SYLVIA MARIA TRUSEN (UFPA)
Prof. Dra. MAYARA RIBEIRO GUIMARÃES (UFPA)

LOCAL E DATA:

(SÁBADO) 17 de MAIO de 2014 – 15:00 h
SALA DE AULA DO PPGLS – Bloco 02 – Sala 04.
Campus Universitário de Bragança

RESUMO

O presente trabalho trata de uma análise comparativa e crítica sobre dois diferentes tipos de textos: a coleção de narrativas referentes a Makunaima, reunidas pelo etnólogo Theodor Koch-Grünberg no segundo volume de Vom Roroima zum Orinoco (1917 e 1924) e o texto ficcional, Macunaíma: O herói sem nenhum  caráter, de Mário de Andrade. Assim, esta dissertação será bibliográfica e apresenta como objetivo geral um estudo voltado para a discussão do processo de criação dos fatos e ficções nas narrativas relacionadas a figura de Makunaima e no livro Macunaíma e, como objetivos específicos, traçar uma discussão sobre a realidade e imaginação na literatura dos dois viajantes da Amazônia, Mário de Andrade e Theodor Koch-Grünberg; mostrar o percurso do trabalho literário de Mário de Andrade para compor Macunaíma, que foi um leitor atencioso do trabalho etnológico de Koch-Grünberg realizado em tribos indígenas da Amazônia. Este estudo comparativo também provoca discussão sobre fidelidade versus traição nos escritos de Theodor Koch-Grünberg sobre as tribos indígenas da região Circum-Roraima. Para tanto, se faz necessário, principalmente, os estudos relacionados à teoria da recepção e sobre facticidade e ficcionalidade, bem como da cultura e mitologia indígena.

Palavras-chave: Mário de Andrade; Theodor Koch-Grünberg; fatos e ficções; Makunaima e Macunaíma.


Nenhum comentário:

Postar um comentário